Desde o século 19, as atividades humanas provocaram mais de 200 fortes terremotos, diz uma notícia no jornal alemão Die Zeit. A mineração desencadeou metade desses terremotos. Outras possíveis causas são a extração de gás natural, petróleo ou água, a injeção de fluidos no subsolo e a criação de represas. Um terremoto em 1989 na cidade de Newcastle, Austrália, o qual os cientistas atribuem à mineração subterrânea de carvão, provocou a morte de 13 pessoas, feriu 165 e gerou um prejuízo de 3,5 bilhões de dólares. Calcula-se que as perdas causadas por esse terremoto tenham ultrapassado o total do dinheiro arrecadado com a mineração em Newcastle desde o início de suas operações há dois séculos.

0 comentários: