“Cascavéis atacam mesmo depois de mortas — e por mais estranho que pareça, este tipo de vingança póstuma é muito comum”, noticia a revista New Scientist. No Arizona, EUA, em onze meses, dos 34 pacientes tratados de picada de cascavel, 5 disseram que a cascavel atacou depois de morta, segundo dois médicos que estudam o fenômeno. Uma das vítimas deu um tiro na cobra, cortou a cabeça dela, esperou até que parasse de se mexer e aí apanhou a cabeça. Esta pulou e picou-a nas duas mãos. Há estudos que comprovam que a cascavel decapitada “ataca objetos balançados na sua frente até uma hora após a sua morte”, declara a revista. Os herpetólogos crêem que se trata de “um estímulo causado por sensores infravermelhos através de dois orifícios situados entre as narinas e os olhos, que detectam o calor emitido pelo corpo da vítima”. Dr. Jeffrey Suchard adverte que uma cascavel decapitada deve ser tratada como “uma cobra muito curta”. “Se tiver de tocá-la”, diz ele, “sugiro que use um pau bem comprido”.

1 comentários:

Nadja disse...

Nossa, eu não sabia disso... mas também não mexeria com uma cobra... mesmo depois de morta... eu acho!!!