19 de mar de 2009

Telescópio com base espacial

Segundo a revista Science News, o Instituto de Ciências Espaciais e Astronáuticas, do Japão, lançou recentemente em órbita um radiotelescópio com oito metros de diâmetro. A novidade é que esse telescópio está ligado com cerca de 40 radiotelescópios com base na Terra, localizados em várias partes do mundo. O sistema é conhecido como Laboratório Espacial de Base Muito Longa. Emissões de fontes de rádio no espaço, como quasares e buracos negros, são captadas por esses aparelhos distantes uns dos outros e são combinadas, a fim de se produzir uma única imagem. Quanto mais os receptores estiverem distanciados entre si, melhor será a resolução da imagem final. A órbita elíptica desse telescópio o leva a uns 20.000 quilômetros da Terra, no seu ponto mais distante. O novo telescópio com base no espaço oferece uma resolução 1.000 vezes maior do que o Telescópio Espacial Hubble proporciona em luz visível. "Com uma resolução dessas", diz Science News, "um observador em Los Angeles poderia enxergar um grão de arroz em Tóquio".

0 comentários: