16 de mar de 2009

Plantas que digerem explosivos

A beterraba sacarina e um certo tipo de planta da família das potamogetonáceas conseguem extrair explosivos do solo e da água de antigos sítios de munição e desintegrá-los de maneira segura, diz a revista New Scientist. Cientistas da Universidade Rice, em Houston, Texas, adubaram a boa-noite e a Myriophyllum aquaticum com dinamite. Em uma semana não havia mais nenhum vestígio do explosivo nas plantas, e sua queima não provocou explosão. Ao mesmo tempo, pesquisadores da Universidade de Maryland descobriram que células e extratos da beterraba sacarina podem absorver e decompor a nitroglicerina. Os dois grupos de cientistas esterilizaram as plantas para provar que estas não receberam ajuda de microorganismos. "Atualmente, em geral é perigoso demais e caro demais recuperar antigos sítios de munição para se construir neles, mas isso poderá mudar se plantas de baixo custo de produção forem usadas para extrair explosivos do solo e da água, desintegrando-os de forma segura", diz o artigo. Existe uma necessidade urgente, porque "a prática atual de despejar refugo de munições no mar está ficando defasada".

0 comentários: