9 de mar de 2009

Impressões auriculares?

Isso mesmo, recentemente um arrombador foi condenado em Londres por causa das impressões de orelha. Como? Embora ele sempre tomasse cuidado para não deixar impressões digitais na cena do crime, ele tinha o hábito de encostar a orelha na janela ou no buraco da fechadura antes de arrombar para verificar se havia alguém em casa, e assim deixava as impressões da orelha. "As impressões auriculares são exclusivas assim como as impressões digitais", diz o Professor Peter Vanesis, patologista forense da Universidade de Glasgow, Escócia. Diferentemente dos dedos, porém, as orelhas continuam crescendo por toda a vida, como o cabelo ou as unhas, noticia The Daily Telegraph, de Londres. Mas os policiais sabem que, não importa o tamanho, as orelhas de qualquer pessoa, assim como as do arrombador, são únicas. Ele foi a primeira pessoa na Grã-Bretanha condenada por causa duma impressão auricular e confessou cinco acusações de arrombamento.

0 comentários: