23 de fev de 2009

TV — ladrão de tempo?



SE ALGUÉM lhe oferecesse um milhão de dólares para deixar de ver televisão pelo resto da vida, você aceitaria? Alguns anos atrás, 1 em cada 4 americanos entrevistados disse que não. Numa outra entrevista, perguntou-se a vários homens o que mais desejavam na vida. Apesar de a maioria ter mencionado que queria paz e felicidade, isso vinha em segundo lugar na lista. O que eles mais queriam era uma televisão de tela grande!
A televisão é muito popular em todo o mundo. Em 1931, quando ela estava no seu início, o presidente da Radio Corporation of America disse: "Quando a televisão atingir seu pleno potencial, podemos razoavelmente esperar que o número de audiência chegue a ser o mesmo da população da Terra." Essas palavras podem ter parecido irrealistas naquela época, mas atualmente não são. Estima-se que o número de televisores em todo o mundo seja de 1,5 bilhão, e o número de pessoas que vê televisão é muito maior. Opiniões à parte, o fato é que a TV desempenha um papel importante na vida das pessoas.
O tempo que muitos dedicam à TV é surpreendente. Um estudo recente feito no mundo inteiro mostrou que, em média, as pessoas gastam um pouco mais de três horas por dia vendo televisão. Os norte-americanos gastam quatro horas e meia na frente do televisor todos os dias, e os japoneses encabeçam a lista com cinco horas por dia. Essas horas vão se acumulando. Se gastarmos quatro horas por dia vendo televisão, quando chegarmos aos 60 anos teremos gasto dez anos na frente dela. No entanto, nenhum de nós gostaria que se gravasse na nossa lápide: "Aqui jaz nosso amado amigo, que passou um sexto de sua vida vendo televisão."
As pessoas passam horas na frente da TV, mas será que é porque gostam disso? Não necessariamente. Muitos acham que gastam tempo demais vendo televisão e se sentem culpados por não terem usado seu tempo de forma mais produtiva. Alguns dizem que estão "viciados em TV". É claro que ninguém fica viciado em TV da mesma maneira que uma pessoa fica viciada em drogas. Ainda assim há semelhanças. Quem é viciado dedica muito tempo à droga que usa. Embora queira reduzir esse tempo ou abandonar o vício, não consegue fazer isso. Sacrifica importantes atividades sociais e familiares para se drogar, e sofre sintomas de abstinência quando pára de tomar drogas. Todos esses sintomas podem ocorrer com pessoas que gastam muito tempo vendo televisão.
Embora ela exiba muitas coisas que vale a pena ver, passar tempo demais na frente da TV pode roubar tempo que poderia ser gasto com a família, prejudicar a leitura e o desempenho escolar das crianças, e é um dos fatores relacionados à obesidade. Se você investe muito tempo vendo televisão, seria bom perguntar a si mesmo o que está lucrando com isso. O nosso tempo é precioso demais para ser desperdiçado.

1 comentários:

Fernando Serra disse...

Opa parceiro... Me causou estranhesa a mensagem deixada em minha CBox... Após a confirmação de adição do meu banner no teu blog, confesso que não entrei pra conferir se ele estava ou não aqui! Sendo assim não teria como eu solicitar revisão! Após essa mensagem que fui entrar em teu blog e ví que meu banner se encontra normalmente no teu blog.
Quero deixar claro que não cobrei em nenhuma mensagem a presença do meu banner após o fechamento de nossa parceria! talvez tenha se enganado quanto ao autor de algum comentário ou mensagem, uma vez que não sou o único Fernando dono de blog ou de repente um clic errado!
Sendo assim, agradeço a parceria e digo mais uma vez que não fui eu que cobrei, uma vez que você cumpriu com a parceria e colocou o meu banner...
Deve se tratar de alguma confusão!
Muito obrigado e deculpa qualquer coisa!
____________________________________
Visite: http://opinenoblog.blogspot.com