Ontem eu iria completar um mês de vida. Pensei que você, mamãe, fosse dar-se uma festinha, como todas as mães. E pensei que fosse dar no papai um beijo que gostaria de dar em mim. Porém a festinha não foi tão alegre como eu pensava. De fato, você foi a famárcia e comprou o meu presente. Pena que esse presente causou a minha morte. E você nem chorou um pouquinho. Por que mamãe? Logo no dia do meu primeiro mês de vida?Pensei que você ficasse feliz com a minha chegada, você borrou minha chegada e deixou-me no meio do caminho. Eu sabia que uns meses iria estragar a sua elegância, porém já havia prometido a mim mesmo que ficaria bem apertadinha para não prejudica-la. Eu deixaria para crescer depois que nascesse para o mundo. Eu sabia que em seu ventre a escuridão seria grande. Tu darias a luz, que viria depois, seria bastante, eu iria conhecer o brilho do sol e das estrelas e principalmente, conhecer papai e você, contar toda minha felicidade de ter vocês como pais. OLha, eu iria conversar muito com vocês, quando vocês estivessem muito triste, faria tudo para que essa tristeza não durasse muito. Sabe eu planejei tantas coisas maravilhosas. Queria crescer bastante e depois de jovem lutaria, com todas as minhas forças para que as guerras, o ódio acabassem e reinasse a paz no mundo inteiro. Eu queria muitas coisas, mas não posso sentir isso,você me assassinou. Engraçado, pensei que os pais amassem os filhos, a ponto de dar-lhes a própria vida, contudo, você não deixou-me viver a vida que mal começara. Olha, esse era o meu plano, quando estava em seu ventre, hoje, já não posso planejar nada, pois faço parte do mundo daqueles que nunca falarão da luz, nunca falarão da beleza do amor,nunca sentirão o perfume das rosas, nem chorarão da dor da morte. Espero que você, ao menos, tenha se arrependido, para que isso não aconteça aos meus irmãos que estão por vir. Tchau mamãe. Eu lhe perdôo, apesar de tudo. Veja, aqui, outras boas imagens



Gostou? Então, Indique este Site!

6 comentários:

DAS disse...

Forte!!!
...
Forte!!

Marii disse...

Adorei completamente
Já sou seguidora :D


Segues o meu ;) ?

Amanda Lemos disse...

Muito interessante o blog !
Deixo o meu aqui caso queira dar uma olhada, seguir...;

www.bolgdoano.blogspot.com

Muito Obrigada, desde já !

memória de uma rosa... disse...

é vc que escreveu esse texto?
acho q soube bem utilizar frases que emocionam só de pensar,mas não concordo em nada com texto.
todos sabemos q um feto com 1 mês,não pensa.
Eu sou mulher e tenho uma filha,portanto sei o que uma mulher sofri ao gerar,pari e amamentar uma criança fora todo o resto de educar,cuidar,enfim.
Não é fácil é uma situação que determina uma mudança abrupta na vida dos pais,há crianças q nascem q não veem a luz do sol ,e sim a fome,desestruturação familiar,precoceito e desamor.
Sou a favor da liberdade do corpo de cada mulher,quem 'dá a luz" é que deve escolher sobre o seu próprio corpo.
Enfim compartilhamos opniões diferentes,mas a diferença é sempre boa,nõ veja como um critica ao seu texto,é só uma opnião diferente.só pra perguntar vc é homem?

Jussara Costa disse...

Profundo!

Rafaela Martins disse...

adorei, sem dúvida . forte